Quem sou eu

Minha foto

Espírito imortal encarnado na Terra, adquirindo valiosas experiências enquanto pai(drasto) (de 6, em graduadas relações), marido (no 2º casamento. Que seja o último!), servidor público federal e ativista ambiental, entre outras aventuras... Estive por 8 anos no Acre, voltei ao meu amado Rio Grande do Sul, tornei ao Acre, cá estou.

terça-feira, 16 de dezembro de 2014

Aos colegas

Bando de bundões
com belos discursos
e poucas ações

Nem em casa
Tampouco no trabalho
Somos sequer a pálida sombra
de nossas ambições

Nossas aspirações
se diluem na internet
Na facilidade do clique
Pois ir a rua dá trabalho

Vez que outro tomamos fôlego
Curto e inconcluso
Coito sem gozo

Nos falta persistência
E articulação em rede
Olharmos para além
dos nossos fundos umbigos

Enquanto isso o mundo segue
De mal a pior, rumo ao abismo
E vamos com ele, pois o caminho é um só

E não é economizar água, reduzir, reciclar
Que nos trará um novo caminhar
A salvação está na ecologia profunda
Em empregarmos toda a nossa energia
Fisica e psiquica por um outro mundo possível

Sem porteiras ou aramados
Sem quaisquer posses
Sequer de nós mesmos

Mas vivemos todos (sejamos honestos: quase todos)
No velho mundo que nossos avós no deram
Que receberam dos avós deles

Oremos, choremos, praguejemos
Mas façamos,  pelo nosso e dos outros bem
Diferente, a diferença

Nenhum comentário:

Postar um comentário